sexta-feira, 30 de junho de 2017

Extraindo arquivos de pacotes *.deb no Ubuntu, Debian e derivadas

De vez em quando eu preciso "desmontar" um arquivo *.deb, para analizar seu conteúdo ou apenas utilizar um arquivo especifico. E isso é mais fácil do que instalá-lo, já que muitas vezes há "n" dependências que inviabilizam o processo.

Mostrarei aqui as 02 formas que já utilizei, terminal e interface gráfica. Você escolherá a que mais foi confortável para as suas necessidades. Vamos lá.

I) COMPACTADOR GRÁFICO

Neste grupo encontram-se o xarchiver, fille-roller, ark e qualquer outro menos famoso. Basta dar um clique sobre o pacote *.deb. Pode ser usado por qualquer distribuição, já que as dependências foram instaladas segundo o procedimento padrão para elas.

Navegue até a pasta com o pacote *.deb:


Clique sobre ele:


Você verá o conteúdo do mesmo:


Selecione o arquivo "data.tar.xz":


Navegue até encontrar o arquivo desejado:




Extraia o arquivo como botão direito do mouse:


Escolha onde o conteúdo será extraído:


II) TERMINAL

Usaremos dois comandos para obtermos o mesmo resultado que na interface gráfica. O primeiro será o "ar", encontrado no pacote binutils. Navegue até a pasta onde está o pacote *.deb. Neste exemplo, /home/your_login/xxx:


Abra um terminal e use o comando "ls" para listar o pacote:


Extraia o conteúdo com o comando:

$ ar  x  font*deb



Descomprima o pacote "data.tar.xz", que contém os arquivos do pacote:

$ tar -xf data.tar.xz


Apareceram os dois diretórios padrão, etc e usr. Basta procurar os arquivos desejados, usando seu navegador de arquivos:


Outro comando é o "dpkg-deb", integrante do pacote dpkg. Navegue até na pasta do pacote (/home/your_login/xxx), abra um terminal e liste seu conteúdo. Você já viu como se faz no comando anterior.

Extraia o conteúdo do pacote *.deb com o comando:

$ dpkg-deb -vx font*.deb $HOME/xxx

Observe que temos de indicar onde os arquivos serão descompatados. Neste exemplo, utilizamos o mesmo diretório onde está o *.deb.


Apareceram as mesmas pastas já nossas conhecidas, etc e usr:



Outro comando que também pode ser utilizado é o dpkg, de forma similar ao anterior. Tomando-se o último exemplo, o comando ficaria:

$ dpkg -x font*.deb $HOME/xxx

Até a próxima dica!
;-))

Nenhum comentário:

Postar um comentário