terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Queimando imagem *.iso pelo terminal linux

Dica antiga e simples, útil a qualquer hora, para gravar uma imagem *.iso num cd/dvd, pelo terminal. Prefira este, sempre que possível, pois a tarefa é muito mais rápida e consome menos recursos do computador, principalmente dos mais simples.

Mostraremos dois métodos funcionais, que necessitam dos programas wodim e growisofs, instalados segundo o procedimento padrão para sua distro, o que não veremos aqui. Os programas são independentes e funcionam separadamente.

A primeira coisa a fazer é descobrir como seu drive de cd/dvd foi reconhecido no linux, sempre como /dev/srX (X=0,1,2...), de acordo com o número deles em seu computador. Caso haja um apenas, é reconhecido como /dev/sr0; com dois, /dev/sr0 e /dev/sr1 etc.

Abra um terminal e rode o comando abaixo:

$ ls -la /dev/sr*
brw-rw----+ 1 root cdrom 11, 0 Nov 29 21:02 /dev/sr0

Agora você pode faz no mesmo terminal (admitindo que o drive seja sr0):

$ wodim -eject -tao speed=2 dev=/dev/sr0 -v -data minha_iso.iso

ou

$ growisofs -dvd-compat -Z /dev/sr0=minha_iso.iso

Caso sua distro não permita gravação como usuário comum, faça-o como root ou use o comando "sudo", se aquele estiver bloqueado, como no ubuntu:

$ su - [ENTER]
# wodim -eject -tao speed=2 dev=/dev/sr0 -v -data minha_iso.iso # exit
ou $ sudo wodim -eject -tao speed=2 dev=/dev/sr0 -v -data minha_iso.iso

Até a próxima dica! ;-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário