sexta-feira, 27 de março de 2015

Gravando imagens *.iso com o xfburn

Anetriormente expliquei como gravar imagens *.iso com o brasero e o k3b. Hoje explico como fazê-lo com o xfburn, gravador padrão do xfce.

Ele é ultraleve, sem frescuras, com o essencial para cumprir bem sua função. Possui poucas dependências e pode ser instalado em qualquer ambiente gráfico.

Eis aqui a sétima maravilha do código livre:


Ele vem como padrão no xfce ou você pode instalá-lo segundo o procedimento padrão para sua distro. Nas que são baseadas no Debian, faça como root:

# apt-get install xfburn

O primeiro passo é acessar o menu editar -> preferências e configurar o diretório de gravação temporária e ver se o programa reconheceu seu drive de dvd. Caso contrário, clique em "procurar dispositivos" na aba respectiva:



Tudo certo até aqui, vá no menu ações -> gravar imagem e navegue até o local onde está a imagem *.iso desejada:





Clique em "gravar imagem" e aguarde o tempo necessário para a tarefa completar-se, o que dependerá de seu computador e a velocidade do drive de dvd:




Até a próxima dica!
;-))

2 comentários:

  1. Esse programa é ótimo. Enxuto, prático e objetivo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não gravo cd/dvd há alguns anos, mas sempre gostei do xfburn. Excelente pata qualquer distro. ;-)

      Excluir