segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Desabilitar checagem do sistema de arquivos durante o boot do linux

A dica de hoje é para os que desejam desabilitar a checagem do sistema de arquivos, no linux, durante o boot. Embora necessário, não precisa ser a cada inicialização do sistema.

Deixo bem claro que não assumo nenhuma responsabilidade pelo resultado. Faça-o por sua conta e risco.

A dica mais simples que encontrei, e que funcionou no Ubuntu ou derivadas, é a de baixo. Não testei em outras distribuições. Para implementá-la, abra um terminal e digite, na ordem:

$ sudo nano /etc/default/grub

Procure a linha "GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT" e acrescente o comando fastboot entre as aspas (" "):

ANTES
GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT="quiet splash"

DEPOIS
GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT="quiet splash fastboot"

Salve a alteração com "ctrl+o" e saia do editor de texto com "ctrl+x". Agora rode os comandos abaixo, na ordem:

$ sudo touch /fastboot
$ sudo update-grub

Reinicie seu isfenicídio e veja que a checagem desapareceu. Para revertê-la, basta retirar o fastboot da linha supra e rodar novamente o comando de atualização das configurações do grub.

Até a próxima dica!
;-))

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Removendo metadados de imagens jpg e png no Debian e derivadas (parte II)

Na dica anterior expliquei como remover metadados com o uso do imagemagick. Hoje explicarei como fazê-lo usando o script em perl "libimage-exiftool-perl".

Relembrando que metadados são as informações inseridas no cabeçalho de imagem, que algumas pessoas desejam removê-los por questão de segurança:


O processo de instalação segue os mesmos passos daquela dica. Basta lê-la e repetir os passos, o que não será visto aqui. Depois de feito, basta seguir os passos abaixo, sempre como usuário comum:

a) remover metadados de um arquivo(*)
$ exiftool -all= -overwrite_original input_file

b) remover metadados de várias imagens jpg(**) de um diretório
$ exiftool -all= -overwrite_original -ext jpg

b) remover metadados de várias imagens jpg(**) de um diretório/subdiretórios
$ exiftool -all= -r -overwrite_original -ext jpg .

É só isso, sem complicações.

Até a próxima dica!
;-))